• O tema da XIII Parada pela Diversidade Sexual Fortaleza - Ceará é Homofobia tem Cura: Educação e Criminalização.
    A XIII Parada pela Diversidade no Ceará terá como base as lutas por uma Educação sem homofobia, que enfrente a necessidade da formação de professores/as e toda a comunidade educacional para uma Educação sem discriminações; e a aprovação do Projeto-de-Lei nº 122/06 (tramitando no Senado), que criminaliza a homofobia.
    O tema da Parada dialoga com o ideário de unidade entre diversos sujeitos políticos que lutam pela igualdade de direitos, pela força da luta social LGBTT e pela certeza de que o país e toda a sociedade necessitam de uma lei federal que coíba os crimes relacionados à homofobia, a intolerância dirigida a lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais. Além do debate proposto e das reivindicações, o evento contará com um grande show da banda mais queridinha do público LGBTT, Foi assinado hoje o contrato para a apresentação da banda top Forró na Veia na XIII Parada pela Diversidade Sexual do Ceará (que acontece neste domingo, 24 de junho, na Av. Beira-Mar).
    Quem confirma é o empresário Thalis Guerra, que comemorou muito. “É a primeira grande banda de forró a tocar na Parada Gay de Fortaleza”, celebra ele, que faz questão de lembrar: “Temos muito orgulho em dizer que a Forró na Veia é a banda de forró que dá apoio total à diversidade.



    Integrante da residência oficial da boate Donna Santa, a banda Forró na Veia é hoje a maior referência do forró dentro do mercado mix cearense. “O mais importante é que haverá uma banda de forró na Parada Gay da terra do forró”, lembra Thalis. “Vamos ter muito trabalho, porque sábado à noite temos show no Piauí e depois da Parada estaremos na Donna Santa”, diz o empresário.
    A participação de Forró na Veia vem desenhar um pouco da dificuldade que qualquer empresa tem ao se ligar diretamente ao mercado mix. “Não é um preconceito velado, mas noto que algumas casas têm certo bloqueio em contratar a banda para tocar, por ela já estar marcada como ´banda dos gays´”, disse Guerra. Se isso o incomoda? “Eu sou insistente e acabo levando a banda a esses locais. Mas isso não chega a incomodar. A Forró na Veia faz de 30 a 35 shows por mês e temos muito orgulho em dizer que a nossa banda levanta a bandeira do respeito à liberdade sexual”.
    Fonte: 


    Share to Facebook Share to Twitter Stumble It Share Myspace Share to Orkut Digg Delicious Technorati Mais...

    Deixe Um Comentario